Pesquisar no site


Contato

CHATONG KENNEL
Canoas - RS - Brasil

(51) 3427-1887
(51) 9996-8836 vivo
(51) 8926-5000 claro

E-mail: chatongkennel@gmail.com

Pérolas

Ao navegar pela internet vemos de tudo!

No meio da criação não é diferente... sempre tem alguém sem noção produzindo verdadeiras "pérolas"!

Nesta seção veremos as pérolas com as quais eu me deparo e comentários sobre estas.

Minha intenção aqui não é ofender ninguém, mas sim compartilhar com aqueles que querem aprender com os erros dos outros, evitando assim cometê-los.

 ***************************************************************

Acasalamento de exemplares brancos

 

Tendências comerciais deterioram qualquer raça!!

Ainda segue em alta as pedidas por "lhasas branquinhos" e é por isso que acidentes como esse acima acontecem.

No lhasa apso e em diversas outras raças, as cores mais claras são recessivas, sendo o branco (no lhasa) o mais recessivo de todos.

Recessivo é aquele gen que fica "escondidinho" e que só aparece quando pareia com outro recessivo.

Assim sendo, os cachorreiros de plantão deram um "jeitinho" de aumentar a população de branquinhos acasalando lhasas claros com malteses, cujos exemplares são somente da cor branca. Os exemplares misturados são bem fáceis de reconhecer: apresentam tamanho menor ou bem menor que o normal de um lhasa, a pelagem é fina e quebradiça (os donos nunca conseguem deixar crescer como num bom lhasa pois a pelagem quebra) e a cabeça é menor e a face mais fina do que a de um lhasa. O temperamento é mais agitado, e tem várias outras diferenças que os leigos não percebem.

Lhasas brancos puros existem, são raros mas existem, e para ser utilizado para reprodução, além de um bom estado de saúde, devem ter o nariz e pálpebras bem pigmentados de preto. Preto mesmo, nada de marrom ou fígado. Nenhuma outra cor além do preto é aceita no padrão da raça para nariz e pálpebras.

Acasalar exemplares recessivos, além de apresentar despigmentações, aumenta e muito, a chance de doenças genéticas aparecerem. O fruto deste acasalamento poderão apresentar mais doenças de pele, problemas renais, nervosos...

Muitas vezes o problema aparece um, dois ou três anos mais tarde e a pessoa sequer associa que este problema pode ter sido gerado por um acasalamento mal feito.

NA FOTO vemos um clássico exemplo de acasalamento mal feito. O pai da ninhada (acima à esq) é aparentemente um lhasa branco, porém com tamanho de maltês (pesa 3,5kg). A mãe da ninhada (acima à dir) é uma maltês/lhasa (pesa 2,9kg!) e os filhotes são todos brancos despigmentados, sendo que dois deles já apresentam prognatismo e provavelmente não conseguirão fechar a boca quando crescerem. Não bastasse isso, são anunciados como "raridade"!

DICA: pesquise bem, vá a praças e parques ver cães, converse com quem possui e com quem cria a raça antes de adquirir. Criador sério não acasala exemplares com menos de 5kgs e nem recessivo X recessivo. Quem cria cachorro por cor é cachorreiro! Criador sério leva em conta muitas outras coisas.

Se para você, o importante é ter um cão bem pequeno, peludo e BRANCO, compre um MALTÊS, evitando assim ser enganado.

E para quem deseja criar, veja se o seu cão realmente está dentro do padrão da raça e NUNCA acasale dois exemplares brancos!!


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!